A curva de aprendizado é íngreme só no início

Quando você começa no inglês, sai do zero e logo passa a conseguir articular algumas frases e se fazer entender. Você diz “I’m hungry” e todo mundo entende o que você diz. Elogios aparecem aos montes. Tudo é lindo e maravilhoso.

Depois de um tempo, lá pelo nível intermediário, os elogios cessam. Aquela palavra que você achou que sabia o significado não é bem aquilo. Você tem que pensar no tempo verbal certo. Apareceu um tal de present perfect que você não assimila de jeito nenhum. E tem os malditos phrasal verbs.

Parece que seu professor só vê erros no que você diz.

Isso acontece porque você está trabalhando num outro nível de sofisticação onde detalhes são importantes. Você não quer apenas se fazer entender. Você quer transmitir nuances, humor, seguir um estilo próprio, convencer, impressionar, etc. Isso requer um vocabulário mais extenso, tempos verbais específicos, expressões idiomáticas, outros aspectos gramaticais além dos verbos.

Seu inglês não piorou. Você tem que lidar com muito mais coisas agora. Quando começamos, a curva do aprendizado é bem íngreme. Mas nos níveis mais avançados, há muito mais coisas pra se lembrar e o progresso não é tão óbvio quanto antes.

Não desanime. Vai melhorar.